Integração: descubra o seu talento em uma célula

Integração: descubra o seu talento em uma célula

Algumas pessoas reagiram à ideia de que todos deveriam estar em um grupo de células. “Isso não sufocaria a criatividade e o talento de uma pessoa?”, dizem. “Não é melhor se alguns se juntarem a uma célula enquanto outros se juntam a um programa específico na igreja?”

Muitos pastores acreditam que, se alguém tiver vontade de fazer algo, ele ou ela deve começar um novo programa. Ou talvez já haja um programa que opere na igreja que complementará esse talento. Caso contrário, a igreja deve criar um novo ministério para a pessoa. É assim que a igreja primitiva operava?

A verdade é que o grupo celular é o melhor lugar para descobrir dons espirituais.

Mais cedo no meu ministério celular, uma pessoa tentou convencer-me de adicionar programas extras, para que as pessoas pudessem encontrar e exercer seus dons espirituais. “Mas nos grupos pequenos eles terão a chance de exercer seus dons”, respondi. “Aqueles com o dom da misericórdia terão a oportunidade de ministrar aos necessitados – tanto dentro como fora do grupo. A pessoa com o dom de ensinar pode esclarecer uma passagem das Escrituras. Aqueles com dons de serviço ou ajuda terão muitas chances de usar seus dons na célula”.

Ele realmente não ouviu o que estava falando e nossa conversa naquela noite terminou em um impasse. Nós dois tí¬nhamos opiniões fortes. Mas a conversa foi uma bênção disfarçada porque me forçou a revisitar a questão dos dons espirituais e dos grupos de células. A conversa me animou a voltar às Escrituras para obter respostas.

Eu percebi de novo que quando Paulo escreveu sobre as passagens de dons, ele estava escrevendo aos fiéis reunidos em grupos de origem (Efésios 4, Romanos 12 e I Coríntios 12-14). Em todas as três passagens sobre os dons, ele conecta o talento com o corpo de Cristo. A única maneira de saber onde uma pessoa se encaixa no corpo de Cristo é descobrir seu talento. A atmosfera doméstica da igreja primitiva deu a cada um ampla oportunidade para testar, provar e descobrir seu próprio talento espiritual e colocar no corpo de Cristo.

Encorajo os líderes celulares a estudar os dons do Espí¬rito e a abordar os membros das células sobre seus presentes. Uma coisa que eu descobri quando escrevi o livro “O grupo pequeno cheio de espírito: levando o seu grupo a experimentar os presentes espirituais”, foi que quando uma pessoa conhece e usa seu dom espiritual, ele ou ela se sentirá mais responsável e necessário. A pessoa não quer perder a célula, sabendo que ele ou ela é necessário no corpo de Cristo.

A descoberta de que dons ajudam a formar discípulos é uma razão fundamental para priorizar o envolvimento celular. Quando uma igreja ou um pastor pede a uma pessoa que esteja em um grupo celular como requisito para outros programas e ministérios, a razão é ajuda-la a descobrir o propósito de Deus e se tornar um discípulo ativo de Jesus Cristo.

Joel Comiskey

Comments are closed.