Domingo da Igreja Perseguida (DIP) mobiliza o Brasil

Domingo da Igreja Perseguida (DIP) mobiliza o Brasil

Domingo da Igreja Perseguida (DIP) acontece no próximo domingo, 11 de junho. É um dia de intercessão pelos cristãos perseguidos ao redor do mundo. Igrejas do Brasil inteiro dispõem seus cultos ou partes deles para fazer algo em prol de quem é perseguido por amor a Cristo. Estima-se que, atualmente, cerca de 215 milhões de cristãos enfrentam algum tipo de hostilidade.

O evento idealizado pelo Irmão André, fundador da missão Portas Abertas, acontece no Brasil desde 1988 e tem os objetivos de, primeiro, servir os cristãos perseguidos em oração, segundo, conscientizar a igreja brasileira a respeito da perseguição religiosa. Diversas igrejas do MDA estão engajadas nesse movimento.

A data em si varia de ano a ano, pois é marcada no domingo depois do Pentecostes. Esse critério foi adotado porque o relato bíblico de Atos 4 marca o início da perseguição aos cristãos logo após a descida do Espírito Santo, com a prisão de Pedro e João. Simbolicamente, portanto, podemos dizer que essa foi a “fundação” da Igreja Perseguida.

Neste ano de 2017, a data será 11 de junho, com o tema “Juntos pela África”. O verso inspirador é João 13.35: “Com isso todos saberão que vocês são meus discípulos, se vocês se amarem uns aos outros.”

DIP 2017: A igreja na África precisa de nós

Comments are closed.